Os benefícios do mirtilo na prevenção de doenças

Segundo as últimas pesquisas, o mirtilo encabeça a lista de alimentos com mais propriedades antioxidantes em comparação com outras 40 frutas e hortaliças frescas.

O mirtilo contém antioxidantes bem conhecidos, como vitaminas C e E. Acredita-se que seus principais benefícios para a saúde venham das antocianinas – pigmentos naturais responsáveis pela cor azul da fruta e que agem como poderosos antioxidantes.

Muitas pesquisas concentraram-se na propriedade “antienvelhecimento” do mirtilo, particularmente em termos de funcionamento mental. Neurocientistas norte-americanos descobriram que o consumo de mirtilo reduz a perda da capacidade mental.

A fruta pode ajudar a reduzir os níveis elevados de colesterol
Vários estudos tentam descobrir qual papel essa fruta poderia ter na prevenção do Mal de Alzheimer – e, até agora, os resultados parecem promissores. Entretanto, as pesquisas mostraram que, além do efeito antienvelhecimento, o mirtilo também pode ajudar a manter a saúde do coração, graças ao seu alto conteúdo de antioxidantes.

A fruta pode ajudar a reduzir os níveis elevados de colesterol LDL, ou “ruim”, no sangue, que consiste em um fator de risco para doenças cardíacas.

Estas descobertas foram comprovadas recentemente por um estudo da Universidade de Mississippi, EUA, o qual mostrou que o mirtilo pode reduzir os níveis prejudiciais de colesterol com a mesma eficácia que as drogas receitadas, porém, sem nenhum dos desagradáveis efeitos colaterais.

Valor nutricional do mirtilo

O mirtilo, assim como a maioria das frutas e verduras, é pobre em gorduras e calorias e contém fibras. Portanto, é um ótimo ingrediente para uma dieta saudável e contribui para o emagrecimento. Uma porção de 80 g da fruta – cerca de 2 a 4 punhados cheios – contém apenas 46 calorias e 0,3 g de gordura.

Leave a Reply